Dr. Thiago Martins explica tudo sobre o botox!

17:56

Thiago Martins revela tudo sobre o botox 
Lidar com o aparecimento das linhas de expressão e das rugas é muito incômodo, tanto para homens, quanto para as mulheres. Assim, não é por acaso que muitos, então, decidem apostar na toxina botulínica, com objetivo de livrar-se desse problema, suavizando a aparência dessas linhas, dos famosos “pés de galinha” e de todas as outras inconformidades que estão no do rosto. Elas acabam conferindo a ele uma aparência mais envelhecida ou mal cuidada.A toxina botulínica é uma substancia produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum. É a mesma bactéria causadora da doença botulismo, mas a toxina botulínica industrializada é purificada e usada em doses que não causam a doença. A toxina é aplicada no músculo e provoca o relaxamento da região, ou seja, seu musculo fica na posição relaxada por um tempo bem maior.
Aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 1992, o Botox tornou-se a primeira toxina botulínica registrada no Brasil e, desde então, tem recebido um número progressivo de indicações estéticas e terapêuticas, como no uso do tratamento, além da mímica facial, é utilizado para a hiperidrose, como também para tratamento de doenças com contrações musculares muito rígidas.As indicações para fins estéticos são recomendados para suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto. Entre as linhas tratadas estão as rugas da testa, a glabela (espaço entre as sobrancelhas) e, os pés de galinha, rugas que se formam na região dos olhos e também no nariz. Para sulcos ao redor dos lábios, entre eles o famoso bigode chinês - linha que se forma entre o nariz e o canto da boca - o mais recomendado é o preenchimento facial, pois é uma região de bastante movimento e não é possível atuar na musculatura sob pena de deixar esta região paralisada, levando a um comprometimento de algumas mímicas da região fácil, e neste caso utilizamos o ácido hialurônico, substancia produzida pelo organismo, que sustenta a pele ajudando no preenchimento desses sulcos. Uma das principais causas que fazem com que as pessoas a procurarem fazer o uso da toxina botulínica para o tratamento estético é o incômodo gerado pelas rugas ao paciente. É de fácil percepção quando faz mímicas ou se expressa utilizando muito a musculatura facial.
É importante salientar que em comparação com cremes para rugas e linhas de expressão, a toxina botulínica costuma trazer resultados mais visíveis e em um tempo mais rápido. Apesar do que relatei, deixo claro não disse para deixar de passar cremes, pelo contrário, todas as pessoas, de todos os sexos devem sim hidratar a pele com os cremes indicados para cada tipo de pele.
As rugas aparecem principalmente devido ao envelhecimento facial, que ocorre por idade, exposição solar inadequada, má alimentação e tabagismo, entre outros. Porém, o fator preponderante para seu aparecimento é a contração natural dos músculos do rosto, que formam as chamadas linhas de expressão e por isso tem pessoas com contração muscular que vai do hipercinético (movimentação excessiva) para o hipocinético (movimentação lenta). Por exemplo: muitas pessoas tem o hábito de franzir a região entre as sobrancelhas ao se expressar, formando aquele vinco algumas vezes bem profundos e que com o passar do tempo esse vinco fica cada vez mais profundo.  O mesmo acontece com as rugas ao redor dos olhos, ou na região do nariz, - resultado da tensão gerada quando sorrimos ou forçamos a vista, por exemplo. Quando é injetada nessas rugas, a toxina botulínica age como um bloqueador neuromuscular, ou seja, bloqueando a transmissão de estímulos dos neurônios para os músculos, impedindo, parcial ou totalmente, a contração muscular. Importante ressaltar que esse relaxamento muscular gerado, apesar de ser irreversível é temporário, pois o organismo trata de construir novas vias de transmissão depois de algum tempo, ou seja ele vai aos poucos voltando com a contração gerada por aquele musculo que foi tratado com a toxina.
É importante ressaltar que o tratamento deve ser ocorrer de maneira preventiva, ou seja, você não precisa esperar marcar o rosto ou incomodar para realizar o procedimento.
Por outro lado, se a situação já potencializou, podemos realizar o procedimento de forma reparativa, pois como a toxina botulínica retira a tensão da musculatura, as rugas, causadas por esses músculos, sendo amenizados e com o tempo de utilização essas rugas não ficaram profundas. O grande mito que existe na aplicação da toxina botulínica está na idade. Portanto, desmitifico e afirmo que não há idade especifica para o tratamento com a toxina botulínica, porém é sempre bom recorrer a um profissional qualificado para indicar e orientar a entender e ver se no seu caso já pode utilizar.  E claro, sempre que as rugas de expressão começam a incomodar, deve sim realizar o procedimento. Alerto para que gestantes, mulheres que amamentam, em caso de alergia a algum componente também não são indicados. Além disso, portadores de doenças neuromusculares, imunológicas e coagulopatias (ou ainda pessoas que utilizem anticoagulantes, aminoglicosídeos e drogas que interfiram na transmissão neuromuscular) não devem ser tratados com a substância.

Resultados da aplicação de botox

O resultado da aplicação da toxina botulínica em estética começa a ser notado no prazo de dois a cinco dias a partir da aplicação. Os resultados tornam-se mais profundos em até duas semanas, ou seja, 15 dias pós aplicação. A partir de então os resultados permanecerão estáveis pelo período aproximado de quatro a seis meses. Tal período vai depender de alguns fatores, por exemplo, em pacientes que praticam atividade física regular esse período pode ser diminuído, devido as contrações musculares causadas pela atividade. No entanto, tanto o início dos resultados, bem como o tempo de permanência dos resultados variam de caso a caso, de pessoa para pessoa. Por ser um substancia biológica, deve ser seguida de um intervalo mínimo de três meses entre cada aplicação, considerando a mesma região tratada. Caso esse prazo não seja respeitado, pode se desenvolver uma resistência ao produto e a toxina botulínica perde seu efeito. Portanto, deve ser evitada a aplicação antes de 2 meses para evitar resistência.

Desde que realizada por um profissional adequadamente treinado e experiência técnica, a aplicação da toxina botulínica pode ser considerada um tratamento seguro e eficaz, melhorando a autoestima e satisfação dos clientes. A aplicação dói e deixa hematomas?
Como a principal intenção de se indicar o tratamento é a de promover efeitos locais (no músculo rígido; na região axilar com sudorese excessiva, entre outros), o botox necessita ser introduzido por uma agulha, por esse motivo, a dor pode variar da sensibilidade de cada pessoa. Portanto, a dor é uma situação esperada ao se realizar o procedimento. No entanto, tudo dependerá - mais uma vez - do paciente e dos locais a serem tratados. O produto em si não promove dor local, podendo sentir levemente um incomodo apenas. Hematomas, neste caso, podem ocorrer naturalmente pela própria introdução da agulha que, em seu trajeto, poderá perfurar vasos sanguíneos e promover pequenos e autolimitados sangramentos locais.
Nos músculos da face, cremes anestésicos à base de lidocaína reduzem significativamente a dor no momento da aplicação.

A toxina botulínica pode ser realizada com outro objetivo?

Sim. Por exemplo ele pode ser indicado para inibir suor excessivo (Hiperidrose) pelo corpo, couro cabeludo, nas axilas, palmas das mãos e nos pés. Com que frequência deve ser repetido o para manter seus resultados?

Para quem quer o efeito permanente sem intervalos, aproximadamente a cada 4 meses. Entretanto, se você mantiver uma aplicação a cada 6 meses você terá ótimos resultados com custos menores.

Posso fazer aplicação da toxina botulínica quando uso antibióticos?

 A aplicação da toxina botulínica, concomitante ao uso de alguns antibióticos é contra-indicada. Procure o profissional para que te informe. Assim, recomendo terminar o tratamento com antibiótico, antes de realizar a aplicação.

Após aplicar toxina botulínica pode-se expor ao sol?

Não. O sol deve ser evitado, principalmente quando houver hematomas, pois, nesse caso pode causar manchas

Que tipo de orientações deve seguir e que limitações se devo ter após a aplicação?

O paciente deve evitar atividades físicas no dia da aplicação e não deve se deitar por 4 horas após o procedimento. Porém, a aplicação da toxina botulínica não requer restrições de dieta ou de atividades do dia a dia.




                        

Você pode gostar também!

0 comentários

RECEBER NOVIDADES

Obter um e-mail a cada novo post! Nunca iremos divulgar seu e-mail.